quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Maconha é localizada em fundo falso de veículo durante fiscalização da Polícia Rodoviária em Santo Anastácio

Grande quantidade da droga estava no assoalho de um Ford F4000, que foi abordado na Rodovia Raposo Tavares (SP-270).

Por G1 Presidente Prudente


A Polícia Militar Rodoviária apreendeu grande quantidade de maconha nesta quinta-feira (20), em Santo Anastácio. A droga estava em um fundo falso no assoalho de um caminhão, que foi abordado na Rodovia Raposo Tavares (SP-270). Um homem, de 50 anos, foi detido em flagrante.

O peso total da droga ainda não foi divulgado.

Durante fiscalização de trânsito, policiais rodoviários abordaram o veículo Ford F4000, com placas de Presidente Prudente, conduzido pelo indivíduo.

Durante entrevista preliminar, o condutor apresentou grande nervosismo, o que motivou a realização de uma busca veicular minuciosa. Na ocasião, então, os policiais encontraram um fundo falso no assoalho do compartimento de cargas, onde havia grande quantidade de maconha.

Com os fatos, o motorista recebeu voz de prisão e foi apresentado na Delegacia da Polícia Civil.

Mais de 10,6 mil brasileiros vão votar em cédula de papel no exterior

Publicado em 20/09/2018 - 06:51 Por Agência Brasil  Brasília

A votação em cédulas de papel ainda é uma realidade para eleitores brasileiros que moram no exterior, mas nem todos. A Justiça Eleitoral informou que 10.698 brasileiros votarão em cédulas em 171 cidades fora do país. O uso das urnas de lona foi opção diante das dificuldades de acesso à energia elétrica e dos embaraços alfandegários para a entrada de equipamentos eletrônicos.

As 64 urnas de lona (quatro delas de reserva) serão enviadas para países da África, do Caribe, da América Central, da América do Sul, bem como para países europeus com poucos brasileiros. O transporte de todas as urnas ficará a cargo do Ministério das Relações Exteriores (MRE).
Com um total de 2.353 eleitores brasileiros aptos a participar do pleito eleitoral, a cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra é a que tem o maior colégio eleitoral entre as que farão votação manual.

Nos locais em que serão utilizadas as urnas de lona, a apuração ficará a cargo das equipes das embaixadas, cabendo ao embaixador o papel de juiz eleitoral. Às equipes de servidores das embaixadas serão oferecidos treinamentos a distância para uso do equipamento.

Segurança

O secretário de Tecnologia do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), Ricardo Negrão, disse que as urnas são cuidadosamente checadas em quatro etapas até serem lacrada. Foram feitos desafios para que hackers encontrem vulnerabilidades no sistema e no equipamento.

Segundo Negrão, por meio dos desafios foi descoberto que, ao serem apertadas, as teclas emitiam uma frequência mecânica que, captada por microfones potentes, poderia indicar o número digitado pelo eleitor. “A solução que encontramos foi a de blindar internamente essas teclas”.

Outra vulnerabilidade estava relacionada à possibilidade de se identificar a sequência de votação. Segundo o secretário, foi aperfeiçoado o algoritmo de embaralhamento de dados. “Até hoje nada mais significativo [em termos de vulnerabilidade] foi identificado.”

Dados

No total, segundo a Justiça Eleitoral, 500.727 brasileiros estão aptos para votar em 171 cidades no exterior. O maior colégio eleitoral é Boston, nos Estados Unidos, para onde serão enviadas 46 urnas eletrônicas. Depois, Miami (EUA), com 45 urnas. Os Estados Unidos, Japão e Portugal são os países com maior número de eleitores brasileiros.

O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) iniciou o processo de preparação de 680 urnas que serão usadas no exterior durante as eleições presidenciais.

Perfil

De acordo com a Justiça Eleitoral, 58,4% dos eleitores brasileiros no exterior são mulheres, e 41,6% homens. A faixa etária mais predominante é a compreendida entre 35 e 39 anos.

Em relação ao nível de escolaridade, 34,26% dos brasileiros aptos a votar têm nível superior completo; 28,51% têm ensino médio completo; e 13,46% superior incompleto.


Motorista por aplicativo é solicitado para corrida e acaba assaltado em Presidente Prudente

Ao estacionar em local indicado por 'cliente', vítima foi rendida por um indivíduo com uma faca e teve seu celular subtraído.

Por G1 Presidente Prudente
20/09/2018 

Um motorista por aplicativo, de 23 anos, foi assaltado nesta terça-feira (19), na Cohab, em Presidente Prudente. Ele foi acionado para fazer uma corrida e foi rendido por um indivíduo armado com faca ao estacionar no local solicitado. Seu celular foi subtraído.

A vítima foi chamada para fazer uma corrida e o “cliente” solicitou que fosse pego nas proximidades da unidade de saúde conhecida como Cohabão.

Ao entrar em uma esquina, que não se lembra exatamente o ponto, o motorista estacionou. No momento, um indivíduo, de imediato, encostou uma faca em seu pescoço e solicitou que a vítima lhe entregasse o dinheiro e o celular.

Em seguida, o indivíduo desferiu um soco no rosto da vítima e recebeu o celular, uma vez que o motorista não tinha dinheiro em sua carteira. O ladrão pegou o objeto e fugiu sentido Jardim Sabará.

A vítima informou que o indivíduo estava sem capuz e o descreveu como branco, de cabelos curtos e cacheados, com tatuagens em um dos antebraços.

A polícia investiga o caso.

Doenças ligadas à falta de saneamento geram custo de R$ 100 mi ao SUS

Levar tratamento de esgoto para população é desafio dos governantes

Publicado em 20/09/2018 - 07:05 Por Carolina Gonçalves - Repórter da Agência Brasil  Maceió

As internações hospitalares de pacientes no Sistema Único de Saúde (SUS), em todo o país, por doenças causadas pela falta de saneamento básico e acesso à água de qualidade, ao longo de 2017, geraram um custo de R$ 100 milhões. De acordo com dados do Ministério da Saúde, ao todo, foram 263,4 mil internações. O número ainda é elevado, mesmo com o decréscimo em relação aos casos registrados no ano anterior, quando 350,9 mil internações geraram custo de R$ 129 milhões.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cada dólar investido em água e saneamento resultaria em uma economia de US$ 4,3 em custos de saúde no mundo. Recentemente, organizações ligadas ao setor privado de saneamento, reunidas em São Paulo, reforçaram a teoria da economia produzida por este investimento. Pelas contas do grupo, a universalização do saneamento básico no Brasil geraria uma economia anual de R$ 1,4 bilhão em gastos na área da saúde.

No mesmo evento - Encontro Nacional das Águas – os representantes das empresas apontaram que dos 5.570 municípios do país, apenas 1.600 têm pelo menos uma estação de tratamento de esgoto e 100 milhões de brasileiros ainda não têm acesso à tratamento de esgoto.

Atualmente, de acordo com o Instituto Trata Brasil, apenas 44,92% dos esgotos coletados no país são tratados. O Brasil tem uma meta de universalização do saneamento até 2033. Este objetivo previsto no Plano Nacional de Saneamento Básico, representaria um gasto de cerca de R$ 15 milhões anuais, ao longo de 20 anos. E este é um dos desafios para os governantes a serem eleitos em outubro.

A reportagem da Agência Brasil visitou Maceió, capital de Alagoas, cidade onde o percentual de coleta de esgoto é 11 pontos percentuais inferior à media do país (51,9%).

Maceió
Quem chega a Maceió logo se deslumbra com azul do mar e a simpatia dos moradores. Mas, basta um olhar mais atento em direção oposta à praia para concluir que o deleite visual produzido pela natureza disputa espaço com canais de esgoto a céu aberto. O mais grave é que grande parte dos dejetos, que corre ao longo de rios e riachos e cruza diversos bairros da cidade, acaba desaguando no mar.

“Temos praias lindas, mas nós não usamos porque sabemos que são bem poluídas. Temos a Lagoa Mundaú, dentro da cidade, e correndo para ela que tem vários braços de rios e riachos que, inclusive passam por bairros nobres, e todos servem para despejo de dejetos e lixos das casas”, lamentou a advogada Rita Mendonça.

Alagoana e atuante em direitos humanos, Rita reconhece que foram feitos investimentos na área de saneamento, mas a população cresceu em velocidade desproporcional aos recursos aplicados. Outro alerta recai sobre a falta de conscientização dos próprios habitantes. “As pessoas jogam lixo nesses rios e riachos porque não podem esperar o lixeiro passar. E todos desembocam no mar”, lamentou.

A realidade para quem vive o dia a dia na capital alagoana tem reflexos que vão além da balneabilidade das praias urbanas. Na economia, famílias que já vivem em situações mais precárias e dependem da pesca do sururu correm o risco de terem a fonte de renda comprometida. Em 2014, o molusco, largamente encontrado nas regiões lacustres de Alagoas em função dos encontros de água doce e salgada, foi registrado como patrimônio imaterial do estado. Moradores, agora, relatam e lamentam a redução do volume pescado em decorrência da poluição da água.

O comércio é também alvo do problema. Empresária e dona de uma loja de roupas no bairro da Jatiúca, Vanessa Taveiros, aponta para o esgoto que corre ao lado de um dos restaurantes mais badalados de Maceió. “Já foram feitas várias denúncias e nada é feito. Quando chove, tudo fica alagado, tem ruas aqui na Jatiúca que nenhum carro passa e os lojistas ficam sem vender porque fica tudo interditado”, disse.

Na saúde, os problemas relacionados ao saneamento aparecem em números de sete dígitos. Segundo o Ministério da Saúde, em todo o estado, ao longo de 2017, foram gastos mais de R$ 2,2 milhões com 5.183 internações no SUS de pacientes com doenças ligadas à falta de saneamento básico e acesso à água de qualidade. No mesmo ano, em todo o país, o total de gastos com este tipo de internação somou R$ 100 milhões.

O rol dessas doenças inclui desde diarreias e problemas dermatológicos até infecções mais graves, cólera, sarampo, além do agravamento de epidemias, já que a exposição do esgoto a céu aberto aumenta condições para a proliferação do mosquito transmissor de dengue, chikungunya e zika.

Maceió não é uma cidade planejada e é possível ver que o problema do saneamento afeta todas as classes econômicas. Algumas ruas começam na praia, como na Jatíuca, com prédios e casas visualmente de classe média alta, e terminam em trechos extremamente pobres. O despejo de lixo nos rios e riachos é feito por parte da própria população, mas também é parte dos alagoanos que lamenta os efeitos dessa prática.

“Não vou esquecer nunca. A gente saia da escola e vinha direto para a Praia da Avenida. Era aqui que passávamos os finais de semana com a família também. Agora é impossível”, lamentou o taxista, de 54 anos, que não quis se identificar. Segundo ele, até dejetos de um hospital foram lançados pelo canal que desemboca na praia que faz parte de seu imaginário.

A concessão dos serviços de saneamento é da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) que, em função do período eleitoral, preferiu não conceder entrevistas. Em nota enviada à Agência Brasil, assessores informaram que, dos 102 municípios do estado, a Casal opera em 77. Desses, 12 têm rede coletora de esgoto, incluindo Maceió. Em vários municípios do interior, existem obras de implantação de rede da Funasa e da Codevasf, que são órgãos federais. "Somente após a conclusão dessas obras é que os sistemas são entregues para a Casal operar", destacaram os assessores.

De acordo com o Ministério das Cidades, estão previstos no orçamento investimentos da ordem de R$ 277 milhões para a capital alagoana. Esse total inclui desde abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e estudos e projetos. “Já foram concluídos 5 empreendimentos, no valor de R$ 76,5 milhões, beneficiando 83,8 mil famílias”, informou a assessoria do órgão.

Ainda diante de números produzidos pela pasta – divulgados pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) - em 2016, 96,2% da população de Maceió foram atendidas com rede geral de abastecimento de água e 40,3%, com coleta de esgoto, “independentemente de existir tratamento". Com relação ao total da população representada pelos municípios que responderam ao SNIS no ano de referência, Maceió tem o índice de abastecimento de água superior à média do Brasil (93%) e índice de atendimento total de esgoto 11 pontos percentuais inferior ao do país (51,9%).



Mega-Sena pode pagar R$ 17 milhões nesta quinta

Apostas podem ser feitas até as 19h em lotéricas ou via internet; 'Mega Semana do Apostador' muda programação de sorteios na semana.

Por G1, São Paulo
20/09/2018

O concurso 2.080 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 17 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quinta (20) no município de Oliveira (MG).

Excepcionalmente, serão três concursos nesta semana, como parte da "Mega Semana do Apostador": o primeiro foi na terça; o último será no sábado (22). Normalmente, os sorteios ocorrem às quartas e sábados.

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.


Paraguaio é preso em Presidente Prudente com motocicleta roubada no Estado de MG

Rapaz de 24 anos alegou que receberia R$ 2 mil para levar o veículo até a cidade de Pedro Juan Caballero. Abordagem ocorreu na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425).

Por G1 Presidente Prudente
19/09/2018 


Um homem, de nacionalidade paraguaia, foi preso em flagrante com uma motocicleta roubada nesta terça-feira (18), no km 450,5 da Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), em Presidente Prudente. O veículo havia sido roubado na cidade de Divinópolis (MG).

Durante a operação Semana Nacional de Trânsito 2018, uma equipe da Polícia Militar Rodoviária abordou a motocicleta Honda CB 600F Hornet Fire, com placa do Paraguai, que era conduzida pelo jovem de 24 anos.

Ao consultar o chassi através do sistema da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), a polícia constatou que a motocicleta estava registrada com a placa de Itapecerica (MG).

Diante do nervosismo apresentado pelo condutor e informações controversas acerca dos motivos de sua viagem, os militares entraram em contato com a Polícia Militar de Minas Gerais, que efetuou pesquisa em terminal próprio e informou que o veículo era produto de roubo ocorrido no dia 7 de setembro, em Divinópolis (MG).

O rapaz alegou que levaria a motocicleta para a cidade de Pedro Juan Caballero e receberia R$ 2 mil pelo transporte. Ele foi preso em flagrante pelo crime de receptação e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Presidente Prudente, onde o caso foi registrado.

Após o registro, o homem foi levado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caiuá, onde aguarda a realização de audiência de custódia, ainda conforme a Polícia Militar Rodoviária.

A motocicleta e um celular foram apreendidos.




Homem é preso com droga e produtos furtados de propriedade rural em Junqueirópolis

Indivíduo foi abordado em uma residência em construção. Outro suspeito, que também estava no local, conseguiu fugir.

Por G1 Presidente Prudente
19/09/2018 19h33


Um homem, que não teve a idade divulgada, foi preso nesta quarta-feira (19), em Junqueirópolis, com drogas e produtos furtados de uma propriedade rural.

Segundo informações da Polícia Militar, uma equipe foi acionada para comparecer a uma residência em construção no Jardim Paulista, onde pessoas faziam uso de entorpecente.

Com a chegada dos militares, um dos suspeitos fugiu e outro foi abordado. Com o homem abordado a PM localizou droga, além de mais entorpecente e balança de precisão na casa do suspeito.

Também foram localizados produtos furtados de uma propriedade rural da cidade.

A polícia realizou buscas com o apoio do helicóptero Águia, mas o segundo suspeito não foi localizado.


Prefeitura de Epitácio entrega trator para a Associação das Mulheres do Assentamento São Paulo




A prefeitura de Presidente Epitácio, através de termo de permissão de uso, entregou recentemente à Associação das Mulheres União das Produtoras Rurais do Assentamento São Paulo, um trator zero quilômetros, da marca New Holland para auxiliar nos serviços agrícolas dos assentados. A solicitação foi realizada à prefeita Cássia Furlan, através de pedido por parte da associação, e teve o endosso do vereador Marlan Melo e deputado Paulo Pereira (Paulinho da força), durante visita ao gabinete. Após aprovação da Câmara, a lei foi criada e o executivo foi autorizado a firmar o termo de permissão de uso de forma gratuita pelo período de cinco anos junto a Associação. Destacando que constam na lei as responsabilidades que cabem a permissionária.

A entrega foi realizada na sexta-feira, dia 14, no Assentamento São Paulo e contou com a presença da prefeita Cássia Furlan; do vice-prefeito José Carlos Botelho Tedesco; secretários; vereadores, assessores, diretores, assentados, representantes do Itesp, Incra, Cati dentre outros.

A prefeita Cássia Furlan agradeceu a receptividade, e também a presidente da Associação, Braulina Maria Diniz e membros que tem se empenhado em pleitos para melhorias e benefícios. Adiantou que dentro das possibilidades irá atender algumas das reivindicações apresentadas pela associação.



O AME de Presidente Venceslau é uma realidade

Uma unidade do AME – Ambulatório Médico de Especialidades passa a ser realidade em Presidente Venceslau. Na manhã desta quarta-feira (19/9/18), o prefeito Jorge Duran anunciou mais esta conquista para a população. Ao lado da primeira dama Adriana Duran, do deputado estadual Ed Thomas (PSB), da prefeita de Caiuá, Rute Almeida, do prefeito de Marabá Paulista, Miguel Duarte e de vereadores da cidade, o Chefe do Executivo venceslauense expressou sua gratidão além da satisfação em poder concretizar agora um sonho que há muito trabalhava para se tornar realidade. Tratada sua implantação junto ao governador do Estado de São Paulo, Márcio França, a nova unidade médico de especialidades deverá atender não só a cidade, mais moradores dos municípios próximos. “Facilitará a vida daquelas pessoas que precisam ser atendidas em outras unidades que tenham os mesmos serviços oferecidos na área da saúde”, destacou o deputado, acrescentando que os tramites agora são entre a prefeitura e a área da saúde do governo do Estado, para que o processo do AME seja agilizado, dentro dos prazos legais.


(ao centro) Prefeito Duran anuncia implantação do AME  

Assessoria de Comunicação

Jornalista – Airton Roberto Messinette

Registro fotográfico – Alex Schneider


SP-270 terá interdição temporária em Venceslau

Manutenção de rede de telefonia exige operações em dois horários

 O tráfego na SP-270 – Rodovia Raposo Tavares será temporariamente suspenso nesta sexta-feira, 21, no período da manhã. A suspensão do fluxo rodoviário será necessária para a manutenção de cabos aéreos transversais de telefonia, no perímetro urbano de Presidente Venceslau.

No horário das 9h às 9h15 a interdição será no km 619+630. Já das 10h às 10h15 o trânsito será interrompido no km 619+300. Os locais estarão devidamente sinalizados para a segurança do motorista. A orientação aos usuários que passarem pelo trecho é reduzir a velocidade, manter a distância de segurança do veículo à frente e não parar sobre a pista para observar as equipes em serviço, pois essa atitude aumenta o risco de acidentes, principalmente de colisão traseira.

Sobre a CART

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor CART, que é formado pelas rodovias SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Presidente Epitácio e Bauru, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais. A CART está entre as 10 melhores Concessionárias de Rodovias do Estado de SP de acordo ranking divulgado pela ARTESP - Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo, órgão que regulamenta e fiscaliza o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo.

Em 2017, a CART conquistou o troféu “Relacionamento com a sociedade” em evento promovido pela ARTESP  no Prêmio “Concessionária do Ano”. Ainda no mesmo ano, a empresa foi premiada na 23ª edição do Prêmio FIESP Mérito Ambiental em que recebeu menção honrosa na categoria “Destaque Responsabilidade Socioambiental” com o Projeto “Seguindo em Frente”. A constante modernização nas rodovias realizadas pela CART contribuem para a expansão do comércio, indústria, do agronegócio, do turismo e da prestação de serviços nos municípios cortados pelo Corredor Raposo Tavares. A agilidade da rodovia duplicada e monitorada confere segurança no trânsito de cargas e conecta o Oeste Paulista com os principais pontos de escoamento da produção do Brasil.


Centro Cultural promove Feira de Artesanato em Bataguassu


A Prefeitura de Bataguassu, através da Secretaria Municipal de Educação
e Cultura, por meio do Centro Cultural realiza no próximo sábado, dia 22
de setembro, das 9 às 12 horas (horário de Brasília), na praça Jan
Antonin Bata (praça da Matriz), uma Feira do Artesanato.

De acordo com a coordenadora municipal de Cultura, professora Regina
Maria Freire Oliveira, a iniciativa visa divulgar o trabalho dos
artesãos locais e conta com a parceria dos atendidos do programa Vale
Renda, do Governo do Estado de MS, que também estarão expondo seus
trabalhos.

Regina frisa que os artesãos interessados em participar da atividade
podem obter mais informações no Centro Cultural localizado na Avenida
São Francisco de Assis, 389, no bairro Jardim São Francisco. O
atendimento é desenvolvido de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas;
e das 14 às 17 horas. Informações também através do (67) 3541-2122.

Foto Micael Nunes


Aniversariantes do Dia

 Cilene Batista
 Juan Vera
 Luanna Carlla
 Maria Paiva
 Mirian Dargesso
 Regina Maria Santos
 Regina Silvia
Renata Dalaqua


Bom Dia




quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Polícia Civil detém homens com celulares, óculos e relógios falsificados no Centro de Dracena

Envolvidos alegavam que, ao venderem os produtos, não informavam que eram originais, mas que se tratavam de 'réplicas de primeira linha', o que também configura crime.

Por G1 Presidente Prudente


A Polícia Civil deteve dois homens nesta terça-feira (18) com produtos falsificados, em Dracena. A suspeita é de que eles estavam vendendo relógios, óculos e celulares como se fossem originais.

Os homens, que estavam circulando pela área central da cidade com um carro de Itajaí (SC), disseram que as mercadorias haviam sido adquiridas na Rua 25 de Março, polo de comércio popular no Centro de São Paulo.

Os suspeitos, de 25 e 32 anos, foram levados à delegacia por violação de direito autoral. A polícia informou ainda que, por se tratar de crime de menor potencial ofensivo, eles foram ouvidos e liberados.

Os produtos foram apreendidos e encaminhados para o Instituto de Criminalística para perícia.

A polícia informou ainda que os suspeitos alegaram que, ao venderem os produtos, não informavam que eram originais, mas que se tratavam de “réplicas de primeira linha” – o que também configura crime por violação de direito autoral.

Mulher é assaltada ao pedir informação no Parque Alexandrina, em Presidente Prudente

Roubo foi registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil. Autora do crime, de 33 anos, foi presa em flagrante.

Por G1 Presidente Prudente

Uma mulher de 57 anos foi roubada ao pedir informação no início da noite desta terça-feira (18), no Parque Alexandrina, em Presidente Prudente.

Segundo a polícia, a vítima parou seu carro para pedir informação a uma mulher, que entrou no veículo e roubou o telefone celular da motorista. A autora do roubo ainda tentou levar a bolsa, mas não conseguiu porque a vítima reagiu.

Ao ser abordada por policiais militares, após a comunicação da ocorrência, a suspeita disse que não sabia onde estava o telefone celular, mas foi reconhecida pela vítima.

A mãe da autora do roubo também foi detida porque tentou impedir a condução da filha até a Delegacia Participativa da Polícia Civil.

O telefone celular não foi encontrado. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Presidente Prudente.

A autora, de 33 anos, foi presa em flagrante e permaneceu no aguardo da audiência de custódia na Justiça.



Incêndio destrói veículo em viaduto sobre a Rodovia Raposo Tavares, em Presidente Prudente

Equipes do Corpo de Bombeiros compareceram ao local para combater as chamas, na manhã desta quarta-feira (19). Trecho fica no entroncamento com a SP-425.

Por G1 Presidente Prudente


Um caso de incêndio a um veículo foi registrado na manhã desta quarta-feira (19), na Vila Formosa, em Presidente Prudente.

O fogo destruiu um VW Brasília no viaduto que fica sobre a Rodovia Raposo Tavares (SP-270), no entroncamento com a Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425).

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas e compareceram ao local para apagar as chamas.

O trânsito no local não foi afetado, já que o carro em chamas ficou parado no acostamento da via.




Motorista fica ferido após bater carro em barranco na Rodovia Assis Chateaubriand

Colisão aconteceu no trecho de Regente Feijó. Vítima foi socorrida para a Santa Casa de Presidente Prudente.

Por Evandro Marques, TV Fronteira

18/09/2018 18h02


Um homem ficou ferido após bater o carro que conduzia em um barranco, na manhã desta terça-feira (18), em Regente Feijó. A ocorrência foi registrada por volta das 11h45, no km 444,2 da Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425).

Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, o homem de 36 anos que conduzia um Honda City, com placas de Martinópolis, supostamente perdeu o controle da direção e colidiu contra um barranco à beira da rodovia.

O motorista seguia no sentido Regente Feijó - Presidente Prudente.

Ainda de acordo com a polícia, a vítima estava sozinha no veículo e foi encaminhada para a Santa Casa de Misericórdia de Presidente Prudente com ferimentos leves.