.

.

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

FIM DO OUTUBRO ROSA

Presidente Venceslau


Terminou hoje em Presidente Venceslau a campanha Outubro Rosa. A promoção foi realizada com a participação de diversas entidades da cidade, com o objetivo de conscientizar as mulheres quanto à prevenção do câncer de mama. Foram realizadas diversas atividades e o encerramento se deu hoje com palestra da Dr. Sheila Belaez no Anfiteatro Nelson Reis Oberlander. O prefeito Jorge Duran esteve presente falando sobre a importância de todas as atividades que foram feitas dentro desta promoção, destacando a participação de todos e agradecendo a população em geral. Após o Outubro Rosa, as mesmas entidades envolvidas pretendem lançar o Novembro Azul, que tratará da prevenção aos homens do câncer de próstata.

Toninho Moré

Projeto Navega São Paulo de Epitácio inicia novas turmas







Foram reiniciadas recentemente as atividades com as novas turmas de alunos nas modalidades de vela, remo e canoagem, totalizando 100 crianças com idade entre 11 a 16 anos do Projeto Navega São Paulo núcleo de Presidente Epitácio.

De acordo com o coordenador do Navega São Paulo no município, Marcel Nunes Narezzi, as atividades buscam difundir os esportes náuticos entre meninos e meninas estudantes de escolas públicas. Foi enfatizado ainda pelo coordenador que ainda estão disponíveis vagas para novas inscrições, as quais devem ser feitas na Divisão de Esportes e Recreação de Presidente Epitácio - Derepe.

Outro objetivo do projeto é o resgate da autoestima, a redução da vulnerabilidade social de crianças e adolescentes e a melhoria da qualidade de vida dessa parcela da população são os principais objetivos do projeto.

Desde o surgimento do Navega São Paulo no município, há dez anos, o coordenador Marcel Nunes Narezzi é o responsável pelo  projeto. “Estou nesse projeto desde o início, todos os alunos, instrutores e monitores são como se fossem a minha família. Trabalho com isso por amor ao esporte náutico, a exuberância da natureza do Município de Presidente Epitácio e pelas crianças que participam do Projeto”, declara o coordenador.

O Navega São Paulo é um projeto do Governo Estadual em parceria com Governo Federal SABESP e CESP e foi idealizado pelo velejador penta campeão sul-americano, Lars Grael, em 1999. Em Presidente Epitácio, o projeto conta com o apoio da prefeitura através da Secretaria de Educação e Esporte, com apoio e incentivo total do prefeito Municipal Sidnei Caio da Silva Junqueira “Picucha” (PSB).

Moradora chega em casa e encontra ladrão descendo pelo telhado

Residência no Jardim Bongiovani, em Presidente Prudente, foi revirada e vítima sentiu falta de um anel e de uma aliança

A moradora de uma casa localizada na Rua Pastor Jorge, no Jardim Bongiovani, em Presidente Prudente, flagrou um ladrão descendo do telhado de sua residência nesta quinta-feira (30). O imóvel foi furtado.
Segundo a Polícia Civil, a vítima, de 27 anos, se ausentou de casa por 30 minutos e quando voltou, por volta das 12h45, deparou-se com um desconhecido descendo do telhado de sua residência.

A vítima se afastou e telefonou para o marido, enquanto vizinhos ligaram para a Polícia Militar, momento em que o desconhecido disse à vítima que “tentava furtar a casa, mas que não havia mexido em nada”. Depois, o homem fugiu a pé em sentido ao Parque do Povo, segundo consta no Boletim de Ocorrência.

A moradora informou à polícia que retornou para a residência e observou que a porta da cozinha estava arrombada e também que utensílios e móveis da casa estavam revirados. Também relatou que vários objetos estavam separados.
Segundo a Polícia Civil, a moradora sentiu falta de uma aliança de ouro e de um anel de inox.

Os policiais militares que atenderam à ocorrência mostraram diversas fotos de suspeitos à vítima, a qual reconheceu um deles como sendo o autor do furto.
O caso foi registrado na Delegacia Participativa de Presidente Prudente e a Polícia Civil investiga o crime. A perícia foi acionada

Ifronteira


Inmetro passa a exigir sistema de fixação em cadeiras infantis

Portaria 466 do instituto determina um prazo de 18 meses para que fabricantes e importadores sigam novas regras. Equipamentos deverão ser adequados

O Isofix, sistema de fixação de cadeiras infantis em automóveis, acaba de ser incluído nos novos critérios de certificação de dispositivos de retenção infantil.
A portaria 466 do Inmetro, publicada no Diário Oficial da União, determina um prazo de 18 meses para que fabricantes e importadores sigam as novas regras, além de mais seis meses para encerrar a comercialização de cadeirinhas com o sistema não certificado.

As cadeirinhas, exclusivamente, com Isofix ou que, além desse, também utilizam fixação por cinto de segurança, deverão ser adequadas.

Segundo Alfredo Lobo, diretor de Avaliação da Conformidade do Inmetro, o consumidor poderá adquirir cadeirinhas que utilizam um ou os dois sistemas.
“É importante ressaltar que a regulamentação não proíbe a comercialização de cadeirinhas que possuem apenas o sistema de fixação por meio do cinto de segurança, que também é confiável. O Isofix é apenas mais um sistema de fixação certificado”, destacou o diretor.

Assim como os fabricantes, o comércio também deverá se ajustar: o prazo para escoar o estoque é de 12 meses, assim que encerrar o prazo de adequação dos fabricantes e importadores.
A partir daí, só poderão ser comercializados produtos que sejam devidamente certificados.

Como funciona

Dois tipos de ganchos, localizados atrás das cadeirinhas, são fixados na carroceria do automóvel, o que impede qualquer deslocamento em caso de impactos. É possível ouvir um "clic" indicando que o encaixe foi feito corretamente.
Obrigatoriedade
O consumidor poderá continuar usando cadeirinhas fixadas apenas por cinto de segurança, Isofix ou os dois sistemas sem problemas.
A portaria estabelece prazos para que fabricantes, importadores e comerciantes disponibilizem produtos que sigam a nova regulamentação.

Outros países

O uso do sistema foi regulamentado pela Comunidade Europeia a partir de março de 2011. Nos Estados Unidos, embora existam leis sobre transporte de crianças em automóveis, não há regulamentação específica para o Isofix.
Na Austrália, desde 1978, há um regulamento técnico para dispositivos de retenção infantil. Porém, somente em setembro, o país incluiu definitivamente o sistema na regulamentação.

Ifronteira

Preso é recapturado após fugir de dentro da Santa Casa de Lucélia

Homem estava internado e conseguiu soltar algemas da cama.
Ele foi recapturado em Araçatuba e levado novamente à cadeia.

Um homem de 28 anos, que cumpria pena por homicídio na penitenciária de Lucélia (SP), conseguiu fugir da Santa Casa da cidade na última quarta-feira (29), onde estava internado. Ele foi reencontrado em Araçatuba (SP), e preso novamente.

Segundo informações da polícia, o suspeito estava algemado na cama do hospital  e conseguiu escapar. Em diligências pelo bairro Jardim São José, a polícia encontrou o homem em uma casa onde funcionaria um ponto de tráfico de drogas.

O homem foi levado novamente à Lucélia nesta quinta-feira (30).

G1 Prudente

Segunda etapa da campanha contra febre aftosa começa neste sábado

Criador tem até o dia 30 de novembro para fazer a vacinação. Todos os bovídeos, de qualquer idade, deverão ser imunizados

Começa neste sábado, 1º de novembro, o início da segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa em todo o Estado de São Paulo. Todos os bovídeos, de qualquer idade, deverão ser imunizados. O criador tem até o dia 30 de novembro para fazer a vacinação. Vencido o prazo, é possível comunicar a vacinação até 7 de dezembro ao órgão oficial de Defesa Agropecuária.
As penalidades para os que não vacinarem serão de 5 Unidades Fiscais do Estado de São Paulo (Ufesps) - que equivalem a R$ 100,70 por cabeça -, por deixar de vacinar e para os que deixarem de comunicar, 3 Ufesps (R$ 60,42) por cabeça.

O produtor deve declarar também todos os animais de outras espécies existentes na propriedade, como: equídeos (equinos, asininos e muares), suídeos (suínos, javalis e javaporco), ovinos, caprinos e aves (granjas de aves domésticas, criatórios de avestruzes).
Na primeira etapa da vacinação contra a febre aftosa, realizada durante o mês de maio deste ano, o índice dos bovídeos imunizados, com até 24 meses de idade, foi de 99,18 %. Em novembro de 2013, foram imunizados todos os animais do rebanho, de mamando a caducando e o índice alcançado foi de 98,68 %.

Aftosa
A febre aftosa é uma doença que acomete, além de bovinos, outros tipos de criações como caprinos, ovinos e porcos. Veja alguns cuidados necessários:
- Adquirir a vacina somente em estabelecimentos cadastrados pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), já que a legislação proíbe o seu uso quando adquirida em etapas de vacinações anteriores;
- Manter o medicamento entre 2 e 8 graus centígrados, tanto no transporte como no armazenamento, em caixa de isopor, com no mínimo dois terços de seu volume em gelo;
- A vacina não deve ser congelada;
- A dose da vacina deve ser de 5 ml, independentemente da idade do animal, sendo obrigatória em todos os bovinos e bubalinos;
- Substituir a agulha com frequência para evitar infecções e manter os frascos da vacina resfriados durante a aplicação;
- Classificar os animais por idade e sexo, para evitar possíveis acidentes ao vaciná-los.

Ifronteira

Oficina tem R$ 1,6 mil furtados; cofre foi aberto com maçarico

Um celular e um notebook também foram subtraídos do local.
Ação criminosa foi na madrugada desta sexta (31), em Panorama.

Uma oficina de caminhão teve um cofre furtado na madrugada desta sexta-feira (31),  no bairro Marrecas, em Panorama. Para efetuar a ação criminosa foi utilizado um maçarico de propriedade do estabelecimento. A polícia ainda não sabe quantas pessoas invadiram o local.

De acordo com a Polícia Civil, a porta da frente foi arrombada e deu acesso ao interior do estabelecimento. No cofre havia R$ 1,6 mil em dinheiro. Também foram subtraídos um celular e um notebook.

A PM foi acionda durante a manhã, após um funcionário chegar no local. O maçarico foi deixado na oficina. A polícia investiga o caso.


G1 Prudente

Família oferece recompensa por localização de acusado de crime

Presidente Venceslau
R$ 20 MIL POR ASSASSINO

A família do pecuarista venceslauense Maximiliano Ramos, 45 anos - morto a tiros e enterrado numa chácara de Camapuã (MS), no último dia 16 - oferece recompensa de R$ 20 mil pela localização do acusado pelo crime, o corretor de gado, Thiago Baez de Arruda. Ele é considerado foragido. Em entrevista ao Sulnews, o irmão da vítima, o pecuarista Rodrigo Ramos de Presidente Venceslau, disse que a família oferece R$ 20 mil por pistas que levem ao paradeiro do suspeito do assassinato.

Segundo Rodrigo, há informações de que ele esteja na cidade paraguaia Bela Vista, que faz fronteira com a homônima brasileira.

Integração

Jovem que levava carro roubado de Bataguassu a Amanbai e preso pela PMR



Um veículo Renault/Sandero, roubado no dia 24 deste mês em São Paulo, foi recuperado por policiais militares rodoviários durante fiscalização no km 51 da Rodovia MS 156, trecho que liga à Caarapó, na manhã desta quinta-feira, (30). O automóvel estava sendo conduzido por um jovem de 23 anos que afirmou ter pego o carro em Bataguassu, com um desconhecido, e, o levaria até Amambai, onde receberia certa quantia em dinheiro.

Segundo a PMR, foi dado ordem de parada ao condutor que seguia sentido a fronteira com o Paraguai, no entanto, o jovem desobedeceu a ordem, transpôs o bloqueio policial e empreendeu fuga em alta velocidade.

Após percorrer aproximadamente seis quilômetros, durante acompanhamento tático, o veículo foi alcançado e abordado. O motorista não portava a documentação de porte obrigatório afirmou ter pegado o carro em Bataguassu, com um desconhecido, e, o levaria até Amambai, onde receberia certa quantia em dinheiro.

Através da checagem os policiais constataram que a placa de identificação utilizada pertencia a outro veículo com as mesmas características. Ato continuo, ao checarem a numeração do chassi os policiais descobriram também que o veículo possuía queixa de roubo, registrado em Sorocaba-SP no último dia 24.

Diante dos fatos, o autor foi encaminhado por receptação para a delegacia de Policia Civil de Laguna Carapã.

Radio Portal News

Cart entrega 4 dispositivos no trecho da Raposo Tavares no Oeste Paulista

Local faz conexão com os Estados do Mato Grosso do Sul e do Paraná.
Concessionária ainda realiza trabalhos em Martinópolis, por exemplo.



Na região de Presidente Prudente, foram entregues mais quatro dispositivos à Rodovia Raposo Tavares (SP-270). De acordo com om comunicado foi feito nesta quinta-feira (30), pela Concessionária Auto Raposo Tavares (Cart), o investimento para a construção das estruturas foi de mais de R$ 6,4 milhões. O local faz conexão com os Estados do Mato Grosso do Sul e do Paraná.
Atualmente, os dispositivos de Rancharia (km 506,5), Martinópolis (km 533,9), Regente Feijó (km 538,8) e de Presidente Bernardes (km 581), já são utilizados pelos motoristas.

Em Rancharia, os condutores podem fazer o retorno na rodovia e acessar, a leste, o antigo cemitério do município e propriedades rurais. No lado oposto (oeste), podem acessar propriedades rurais e a área rural do município.

Já o dispositivo de Martinópolis possibilita o retorno na rodovia e o acesso a propriedades rurais tanto a leste quanto a oeste. Em Regente Feijó, além de retorno na rodovia, a obra possibilitou o acesso à propriedade rural (leste) e à antiga Destilaria Santa Fanny (oeste). O dispositivo dá a possibilidade do retorno dos motoristas em Presidente Bernardes, em ambos os sentidos da rodovia.

Obras em andamento
As obras na rodovia seguem em andamento. Há frentes de trabalho num trecho de mais de 80 quilômetros, entre Presidente Prudente e Presidente Epitácio. O trecho pista multivias, do km 569 ao km 654,7, está sendo duplicado com a instalação de barreira de segurança do tipo New Jersey para separar o fluxo de veículos de sentidos opostos.

Até o final de 2014, a Raposo Tavares estará totalmente duplicada, com duas pistas, cada uma com duas faixas de rolamento, acostamentos, sistema de drenagem para escoar a água da chuva, sinalização horizontal e vertical e obras complementares. Será uma nova rodovia, mais moderna, segura e confortável.

G1 Prudente

Rachaduras em casas da CDHU assustam moradores

Problema é relatado em residências no Jd. Pôr do Sol, em Santo Anastácio.
Prefeitura e órgão estadual agendaram vistoria para segunda-feira (3).






Em Santo Anastácio, no Conjunto Habitacional Jardim Pôr do Sol, alguns moradores reclamam da atual situação em que se encontram suas residências. De acordo com a dona de casa Santina Alves de Souza, de 47 anos, o terreno de sua casa cedeu e rachaduras começaram a aparecer nas paredes e muros.

“São 11 casas que estão com esses tipos de problemas na Rua Francisco de Paulo Alonso Sanches, onde eu moro. A construção das residências foi feita em cima de uma vala, que tinha aproximadamente dez metros de largura e o tipo de aterro feito é o que pode estar gerando este transtorno”, contou.

Ainda segundo a moradora, o sistema de construção das habitações foi feito por meio de mutirão, por isso, eles acompanharam a maneira como foram feitas as obras e o modo de nivelar o buraco. “Quando eu me mudei, percebi que na minha casa existiam locais em que o solo era mais baixo. Algumas partes do meu quintal afundaram e o encanamento estragou”, afirmou.
Devido as reclamações feitas na prefeitura, conforme a dona de casa, a Defesa Civil foi até o local e notou que em algumas residências o terreno havia cedido. “Minha caixa de esgoto, por exemplo, cedeu cerca de 15 centímetros. Alguns moradores tiveram que deixar as moradias por medo”, ressaltou.

A dona de casa Cássia Pereira de Menezes, de 39 anos, afirma que também vive o problema em sua residência e que seu banheiro começa a afundar. “Quando eu lavo o banheiro e o quintal percebo que está cedendo. A água vai parar embaixo do chão. Tenho medo de afundar tudo”, afirma.

“É uma situação que incomoda bastante. São várias rachaduras, principalmente na área e no muro. O chão está afundando e acho que qualquer dia um buraco vai aparecer por aqui. Parece que está tudo oco”, destaca a emprega doméstica Josefa de Oliveira, de 41 anos.

Ainda segundo Josefa, representantes da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) já visitaram as casas. “Eles vieram aqui e olharam, mas até agora ninguém resolveu nada”, conta. Um requerimento de providências também foi apresentado na Câmara Municipal, que solicitou esclarecimentos do Executivo.
Em contato com o presidente da Defesa Civil, Carlos Ortega, a equipe de reportagem do G1 foi informada que nenhuma das casas construídas no conjunto habitacional foram condenadas pelo órgão. “O que houve foi um o aconselhamento para que fossem feitos reparos em uma residência específica, a qual apresentava rachaduras maiores”, alegou.

O representante da CDHU de Presidente Prudente, Mauro Villanova, disse ao G1 que as casas foram feitas em 2006 com o apoio da prefeitura e que uma vistoria no local deve ser feita na próxima semana. "Dificilmente ocorreu erro na obra. Vamos avaliar a situação das residências com a prefeitura na próxima semana", aponta.

Prefeitura
Por telefone, o prefeito de Santo Anastácio, Alaor Aparecido Bernal Dias informou que o Executivo já agendou a vistoria a fim de sanar os problemas dos moradores do bairro.

“A obra é da administração anterior, porém, sabemos que existe pontos de afundamentos e rachaduras no bairro. Agendamos na próxima segunda-feira (3), por volta das 8h30, uma reunião com representantes da CDHU. A intenção é verificar os problemas, entender as necessidades e dar um resultado a estes moradores”, esclarece Dias.

G1 Prudente

Clube onde menino se afogou fecha nesta sexta; aulas são canceladas

Otávio Baranek teve parada cardiorrespiratória após incidente. 
Em nota, organização 'lamenta profundamente a fatalidade'.



O clube onde ocorreu um afogamento que vitimou um menino de 5 anos, localizado no Centro de Presidente Prudente, não funcionará nesta sexta-feira (31). Por meio de nota, a assessoria de imprensa informou que o local não abrirá as portas para prestar assistência à família.

A morte do Otávio Baranek ocorreu nesta quinta-feira (30), por volta das18h. Segundo o Corpo de Bombeiros, a criança apresentou parada cardiorrespiratória e foi encaminhada ao Instituto da Criança. “A equipe chegou até o local e encontrou a criança sendo atendida preliminarmente por uma médica e sócia do clube, que realizava o procedimento de resgate. Em seguida, o menino foi levado ao hospital”, informou a tenente Maria de Fátima Rosa Franco.

Ainda conforme a nota do clube, a organização  “lamenta profundamente a fatalidade”. “Embora tenha sido disponibilizados a estrutura humana e de equipamentos necessários aos primeiros socorros, infelizmente não foi possível preservar a vida deste seu sócio”.

As aulas da sala onde Otávio estudava e na sala de seu irmão, em um colégio particular localizado no Jardim Esplanada, foram suspensas. De acordo com a diretora da escola, Nelly Martão, uma psicóloga foi contratada para auxiliar os alunos a lidarem com a perda do colega.
Por volta das 20h, o delegado de plantão na Delegacia Participativa, Leonardo de Souza Simonato, confirmou a morte do garoto. De acordo com uma testemunha que não quis se identificar, a profundidade da piscina onde ocorreu o acidente variava, ou seja, existiam pontos mais rasos e mais fundos.
O corpo de Otávio Baranek é velado na Casa de Velório Athia. O sepultamento está previsto para 14h30, no Cemitério Campal.

G1 Prudente

Acidente mata três pessoas e deixa outras três feridas em Pirapozinho

Colisão envolveu dois veículos nesta quinta-feira (30), por volta das 22h.
Conforme a polícia, S-10 invadiu pista contrária e atingiu um Corolla.




Duas crianças – um menino de 1 ano e 6 meses e uma menina de 7 anos – e um professor de karatê de 40 anos morreram vítimas de um acidente de trânsito, que também deixou outras três pessoas feridas nesta quinta-feira (30), por volta das 22h, na Rodovia Assis Chateaubriand, km 472, em Pirapozinho. De acordo com as informações da Polícia Rodoviária, houve uma colisão transversal entre uma S-10 e um Corolla.
Conforme o registro policial, a caminhonete seguia no sentido Tarabai (SP)-Presidente Prudente (SP), quando invadiu a pista contrária e bateu transversalmente com o carro, que transitava no sentido oposto.
Após a colisão, o homem de 40 anos que conduzia a S-10, com placas de Presidente Prudente, foi socorrido pela ambulância de Pirapozinho, mas não resistiu. Era o professor de caratê Renato Franco, que já treinou a equipe municipal do esporte e foi responsável por ensinar a prática a atletas que alcançaram a seleção brasileira.

Já o condutor do Corolla, o chefe de gabinete da Prefeitura de Santo Inácio de 32 anos, e a passageira do mesmo veículo, uma inspetora de alunos  de 33 anos, foram socorridos em estado grave. Ele foi levado à Santa Casa e ela para o Hospital Regional. Ambos permanecem internados.
As duas crianças, passageiras do Corolla, foram encaminhadas ao Pronto Socorro de Pirapozinho, porém, não resistiram aos ferimentos e morreram na unidade. Uma adolescente de 16 anos que estava na caminhonete teve ferimentos leves e foi levada à Santa Casa de Presidente Prudente.
Segundo a polícia, no momento do acidente o tempo estava chuvoso e a pista molhada. A perícia esteve no local e um laudo deve apontar as circunstâncias exatas do acidente. A ocorrência foi registrada em Pirapozinho.

G1 Prudente

Menino de 5 anos morre após se afogar em clube de Pres. Prudente

Informação foi confirmada pelo delegado Leonardo de Souza Simonato.
Criança estava acompanhada da mãe e do irmão, nesta quinta-feira (30).



A Polícia Civil confirmou a morte de um menino de 5 anos após se afogar na piscina de um clube particular localizado na Avenida Washington Luiz, em Presidente Prudente, por volta das 18h, desta quinta-feira (30). A criança estava acompanhada da mãe e do irmão no momento do ocorrido.
Conforme as informações do Corpo de Bombeiros, a criança apresentou parada cardiorrespiratória e foi encaminhada ao Instituto da Criança. “A equipe chegou até o local e encontrou a criança sendo atendida preliminarmente por uma médica e sócia do clube, que realizava o procedimento de resgate. Em seguida, o menino foi levado ao hospital”, informou a tenente Maria de Fátima Rosa Franco.
No entanto, por volta das 20h, o delegado de plantão na Delegacia Participativa, Leonardo de Souza Simonato, confirmou a morte do garoto.

De acordo com uma testemunha que não quis se identificar, a profundidade da piscina onde ocorreu o acidente variava, ou seja, existiam pontos mais rasos e mais profundos.

Por meio do diretor jurídico Luiz Paulo Jorge Gomes, o clube informou que houve atendimento "imediato". "O local tem estrutura humana e de aparelhos para preservar a vida dos seus sócios. O salva-vidas localizou a vítima e prestou os primeiros socorros junto com uma médica, que é sócia do clube. Neste momento, ele manifestou os primeiros sinais de reação. Um diretor também está acompanhando a família no hospital", explica.
Segundo a Polícia Militar, alguns policiais devem ir até o local do incidente para colher mais informações sobre o caso. A perícia já foi acionada para analisar as circustâncias do ocorrido.


G1 Prudente

Falecimento

Epitácio
FALECEU

GENI DE OLIVEIRA DOS SANTOS, 69 anos
Está sendo velada na casa de velório Nossa Senhora Aparecida.
O sepultamento está marcado para hoje as 16hrs no cemitério Municipal.

Aniversariantes do Dia

 Vitor Manoel
 Dirceu Cavalcante
 Jéssica Soares
 Dantas Odilon Dantas
Adriane Custódio Simeoni


Bom dia Epitácio



quinta-feira, 30 de outubro de 2014

MAUS CONDUTORES QUE SE CUIDEM!

30 de outubro de 2014 
Motoristas devem ficar atentos a mudanças no Código de Trânsito
Punições podem chegar a R$ 2 mil para motoristas infratores. Mudanças entrarão em vigor em 1º de novembro.

De Lenix Barbosa, postado por Lourival S. Bortolin

O Código de Trânsito Brasileiro sofrerá mudanças a partir do próximo sábado (1º) que  vão pesar muito no bolso de quem cometer algumas infrações. Há casos em que o valor pode chegar a quase R$ 2 mil. A proposta foi feita pela Polícia Rodoviária Federal com o objetivo de diminuir o índice de acidentes e mortes nas rodovias. No Alto Tietê teve motorista que não gostou muito da novidade.
A lei federal alterou 11 artigos do código e faz parte do pacote de mudanças legislativas proposto pela PRF para tentar reduzir em 50% o número de mortes no trânsito até 2020. Na prática, isso quer dizer que algumas multas ficam até dez vezes mais caras, são elas: ultrapassar na faixa contínua em pontes, viadutos ou pela direita usando o acostamento que vão passar dos atuais R$ 191 para R$ 957; ultrapassagem forçada, é a que mais vai pesar no bolso do motorista irresponsável, pois o valor vai passar para R$ 1.915.
De acordo com a Polícia Rodoviária, as batidas de frente são as que mais matam nas estradas brasileiras e 90% delas são provocadas por ultrapassgens perigosas.
Para o especialista em trânsito Eliseu Ruiz, mexer no bolso do motorista pode ser uma medida paliativa, mas não garante a eficácia da lei. Ele explica ainda que é necessário um equilíbrio entre a fiscalização e a educação dos motoristas. “Se a fiscalização intensificar, obviamente que nós vamos ter resultados expressivos como ocorreu na Lei Seca, em que tivemos a diminuição de pssoas sendo pegas embriagadas. Porém, se afrouxar a fiscalização nós vamos ter um problema de continuidade porque as pessoas vão se sentir na liberdade de cometer infrações”, comenta.
A legislação também ficou mais rigorosa para crimes de trânsito. Hoje quem é flagrado dirigindo embriagado e machucar ou matar alguém cumpre pena em regime aberto ou semiaberto. “A principal dificuldade de prender alguém é porque os crimes de trânsito são apenados com pena de detenção porque são considerados culposos, não são enquadrados com penas de reclusão. A legislação é mais branda. Exceto se a pessoa usar de forma dolosa, premeditando atropelar alguém. Aí ela seria enquadrada no Código Penal”, diz o advogado Emerson Alex Araújo
Com a nova lei, o motorista que beber pode cumprir pena sem deixar a prisão. Vai dar cadeia também beber, ferir alguém ou participar de racha. Nesse último caso, a multa que hoje é de R$ 575 a partir de novembro passa para R$ 1.915. “Os crimes que foram cometidos antes da vigência da lei não se aplciam à nova lei. Ainda que ele não tenha sido julgado, não será aplicada a nova lei.  Mas os crimes cometidos após a vigência serão punidos com a lei mais rigorosa”, conclui o advogado.
Ainda de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, a partir de novembro, em alguns casos os condutores podem pegar de três a seis anos de prisão. Além disso, o motorista ainda pode ter o direito de dirigir suspenso e o carro apreendido.
Multas curiosas
Na região muitos motoristas desconhecem algumas infrações, por isso, é importante ficar atento na hora de tirar habilitação.
O serralheiro Fernando Donizete da Silva está ansioso para sair dirigindo, após sua primeira aula prática. Ele tem encontrado algumas dificuldades no simulador. “Na hora de mudar a marcha atrapalha um pouco”, comenta.
Atento à sinalização e aos comandos sonoros, Fernando se preocupa em ser um bom motorista. O que ele ainda não sabe muito bem é que alguns comportamentos "errados" no trânsito podem ocasionar multas, como a de molhar um pedrestre, por exemplo. “É complicado porque acontece sem querer, às vezes”, brinca.
A instrutora Alessandra Negreli, que trabalha numa autoescola no Centro de Mogi das Cruzes diz que os alunos são orientados em relação as multas e lembra ainda outras infrações que surpreendem. “Dentre as infrações médias entra a imobilização do veículo por falta de combustível e o condutor dirigir com o braço para fora. É curioso e diferente, porque além da multa são quatro pontos na habilitação, o que não pode acontecer para um condutor na permissão para dirigir”, conta.
Há mais multas curiosas que mexem no bolso e na carteira de habilitação do motorista: não dar passagem pela esquerda quando solicitado (o motorista paga multa de R$ 85,13 e ainda ganha quatro pontos na carteira); estacionar em cima da tampa de bueiro (multa de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira); conduzir o veículo sem acionar o limpador quando está chovendo (multa de R$ 127,69 e cinco pontos).
Quando são multados, os condutores geralmente recorrem à Junta Administrativa de Recurso de Infração (Jari). Boa parte dos motoristas reclama de algumas penalidades que sofreram.
Essas multas curiosas ainda não foram registradas na Jari. Segundo o orgão, o que eles mais recebem são aquelas comuns. 40% das multas aplicadas são por causa de estacionamento irregular.
Não foi dificil encontrar essa imprudência. A equipe do Diário TV flagrou na Avenida Fernando Costa, no Centro, três veiculos estacionados em local proibido e bem abaixo da sinalização.
As outras mais comuns são excesso de velocidade, que representa 25%; uso de telefone celular (20%)  e avançar o farol vermelho (15%).
Quanto às multas curiosas, o presidente da Jari faz um alerta. “A educação é tudo. Embora não tenhamos verificado essa multa em regra de defesa, eu classifico muito mais não como um fundo pecuniário do Estado, mas como uma medida pedagógica no objetivo de conscientizar o cidadão, acho que a questão é de cidadania”, conclui Benedito Ballouk.
O motorista também tem seu alerta. “O condutor deveria ser mais orientado sobre este tipo de multa, porque tem multa que a gente não sabe se existe ou não”, diz Francisco Andrade.

ENTREGA DE CERTIFICADO

Presidente Venceslau


Na manhã de quarta-feira (29), o prefeito Jorge Duran participou da entrega dos certificados de conclusão aos 17 alunos do curso de frentista. O curso foi realizado pela Prefeitura Municipal de Presidente Venceslau, através da Secretaria do Bem Estar Social (Projetos Bolsa Família e CRAS), em parceria com o Pronatec e Sest Senat. O prefeito Jorge Duran salientou a importância da capacitação das pessoas que estão no mercado em busca de uma nova oportunidade de emprego, gerando inclusão social. (Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Presidente Venceslau).


Toninho Moré

Juro do cheque especial é o maior em mais de 15 anos

No mês passado, taxa subiu para 183,3% ao ano, informou BC.
É o maior patamar desde abril de 1999, quando estava em 193,65%.

O juros do cheque especial foram na contramão da taxa média dos juros bancários, que caíram em setembro. Segundo números divulgados nesta quinta-feira (30) pelo Banco Central, a taxa média dos bancos cobrada no cheque especial atingiu 183,3% ao ano no mês passado. É do maior valor desde abril de 1999, quando estava em 193,6% ao ano, ou seja, em mais de 15 anos.

No acumulado deste ano, os juros cobrados pelos bancos no cheque especial, uma linha de crédito de emergência, pois possui uma das taxas mais elevadas de todas operações (junto com o cartão de crédito, quando o cliente não paga toda a fatura), avançaram 35,4 pontos percentuais, visto que estavam em 147,9% ao ano no fim de 2013. Esse crescimento foi o maior de todas as operações das pessos físicas e, inclusive, de empresas, disponibilizadas pelo BC.
Economistas avaliam que o consumidor deve tentar evitar ao máximo o uso do cheque especial, por conta das altas taxas cobradas pelas instituições financeiras. Para eles, esta é uma linha de crédito para momentos de necessidade e deve ser utilizada por um período reduzido de tempo.

Uso do cheque especial e inadimplência
Os dados do BC mostram que, assim como as taxas de juros cobradas pelos bancos, o uso do cheque especial também aumentou neste ano. Segundo informações da autoridade monetária, as concessões de crédito desta modalidade alcançou R$ 28,95 bilhões em setembro, o que representa crescimento de 5,9% no mês e de 6% no acumulado dos nove primeiros meses deste ano.

O crescimento do uso do cheque especial está bem acima da utilização do crédito pessoal, que avançou 4,6% em setembro, mas que recuou 0,1% na parcial deste ano. As concessões do crédito com desconto na folha de pagamentos, por sua vez, subiu 3% em setembro e 1,3% na parcial dos nove primeiros meses de 2014. O uso da linha do cartão de crédito rotativo (modalidade de crédito que também têm juros abusivos), porém, avançou mais do que o cheque especial - subindo 18,2% no acumulado deste ano.

Os números do Banco Central também mostram uma subida da inadimplência das operações com cheque especial pessoa física, que atingiram 10,3% em setembro. Este é o maior patamar da série histórica do Banco Central, que tem início em março de 2011.

G1


Colisão entre carro e caminhão resulta em vítima fatal em Rancharia

Veículo invadiu pista contrária na Rodovia Homero Severo Lins.
Condutor morreu no local e passageiro foi socorrido em estado grave.



Um acidente com vítima fatal foi registrado na Rodovia Homero Severo Lins, km 521+100 metros, na madrugada desta quinta-feira (30), em Rancharia. A colisão foi entre um Volkswagen Parati, com placas de Indaiatuba, e um caminhão, de Presidente Venceslau, que tracionava um semirreboque.

No Parati havia duas pessoas, o condutor de 25 anos, e um passageiro de 51 anos. Conforme a Polícia Militar, ao chegar no referido trecho, o veículo invadiu a faixa de trânsito contrária e colidiu frontalmente com o caminhão. O carro seguia no sentido João Ramalho – Martinópolis.

O motorista do carro morreu no local e o passageiro foi socorrido em estado grave para o Hospital de Rancharia pela Equipe do Corpo de Bombeiros. O condutor do caminhão, de 36 anos, não sofreu ferimentos.

G1 Prudente

Carreta tombada na BR-163 transportava ao menos 15 toneladas de defensivos agrícolas


A carreta DAF/XF105, placa OAR-2841, de Cuiabá (MT), transportava 15 toneladas de defensivos agrícolas quando se envolveu em um acidente logo no início da manhã desta quinta-feira (30). O local não chegou a ficar interditado porque o veículo tombou nas margens da via.

Equipes da CCR MSVia estão no local fazendo o atendimento e uma equipe do Corpo de Bombeiros faz o auxílio. O caminhoneiro, que não teve o nome divulgado, foi socorrido e encaminhado para o hospital de São Gabriel do Oeste.

O acidente aconteceu a 70 quilômetros de Campo Grande, após a cidade de Bandeirantes, que fica o norte de Campo Grande. O condutor havia saído com o carregamento de São Paulo, no dia 28, e seguia para Cuiabá (MT).

As equipes da CCR MSVia informaram que a carga é perigosa por se tratar de veneno e em contato com a água torna-se inflamável, por isso o trabalho no local requer cuidado redobrado.


Redação
Midia Max