terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Alterada data de partida “Amigos do Vandinho”


Foi alterada para a sexta-feira, dia 22, a partida beneficente “Amigos do Vandinho” que seria realizada pela prefeitura de Presidente Epitácio através da Secretaria Municipal de Educação e Esporte com o apoio do atleta e assessor administrativo de Esportes, Vanderlei Bernardo de Oliveira – Vandinho no dia 16.

A programação segue na sexta-feira, às 18 horas no estádio municipal “O Pirangueiro”. A entrada será um quilo de alimento não perecível que será destinado às entidades assistenciais do município.
Segundo o atleta Vanderlei Bernardo de Oliveira – Vandinho, a alteração da data é devido à falta de agenda dos atletas. Para o evento estão confirmadas as participações dos atletas: Fábio Ferreira, ex Corinthians; Gilmar, ex Palmeiras; Fabrício Carvalho, ex São Caetano; Eder Siola, ex São Paulo; Edno, ex Corinthians e atual atleta do América Mineiro dentre outros. Antes da partida solidária, atletas sub 8 e sub 10 de escolinhas de futebol de Presidente Epitácio, farão uma partida preliminar. Toda população está convidada a prestigiar as partidas e ainda colaborar na arrecadação de alimentos para ser entregues às famílias carentes assistidas pelas entidades do município.



Prefeito de Tupi Paulista é eleito o novo presidente da AMNAP

Em assembleia na tarde desta segunda-feira (11/12/17), na Câmara Municipal de Osvaldo Cruz, foi eleita a nova diretoria da Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista (AMNAP), 2018. O novo presidente da entidade que reúne 30 municípios do oeste paulista é o prefeito de Tupi Paulista, Alexandre Tassoni (Lê). O primeiro vice-presidente é o prefeito de Sagres, Ricardo Rived e o 2º vice-presidente, Val Dantas, de Mariápolis. As secretarias ficaram com os prefeitos: Juliano Bertolini, de Dracena; Ana Maria Zoner Leal Serafim, de Arco-Íris; Hélio Furini, de Junqueirópolis; e Gilmar Martins, de Parapuã. Fazem parte da nova diretoria, representantes das prefeituras e das Câmaras Municipais de Dracena, Osvaldo Cruz, Rinópolis, Adamantina, São João do Pau D’Alho, Nova Guataporanga, Panorama e Flórida Paulista. Em viagem para São Paulo, o deputado estadual Ed Thomas (PSB) já parabenizou o novo presidente da AMNAP, prefeito Lê e os novos integrantes.

 Prefeito Lê ocupa tribuna para destacar importância da entidade 

Ao centro, ao lado do então presidente Mazucato, o novo presidente da AMNAP

Assessoria de Comunicação

Jornalista – Airton Roberto Messinette

Registro fotográfico – Claudemir Cobo


AMNAP manifesta apoio irrestrito a projeto do deputado Ed Thomas

Considerando de suma importância e em nome dos 30 municípios que compõem a AMNAP – Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista, o presidente da entidade, prefeito de Osvaldo Cruz, Edmar Mazucato manifestou total e irrestrito apoio ao Projeto de Lei Complementar nº 43, de 2016, de autoria do deputado estadual Ed Thomas (PSB) que propõe uma forma mais justa na distribuição do Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e de Prestação de Serviços de Transporte Interestadual Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). Em tramitação na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, a iniciativa propõe mudança na Lei Estadual nº 3.201, de 23/12/1981, que trata da parcela que cabe aos municípios, para que esta distribuição seja de maneira mais justa. Segundo a Moção de Apoio nº 01/2017, da AMNAP, entregue oficialmente pelo prefeito Mazucato ao deputado Ed Thomas, na última sexta-feira (08/12/17), em Adamantina, durante encontro em que tratou justamente sobre a questão, “atualmente há defasagem muito grande para os municípios produtores de cana-de-açúcar nos repasses do produto da arrecadação, pois a usina sucroalcooleira atribui todo o resultado econômico da produção ao município que ela se encontra instalada, pouco importando se a cana que é industrializada ali venha de outros municípios vizinhos, mesmo que em maior parte, o que quer dizer, os outros municípios, mesmos produtores, não recebem qualquer acréscimo na sua cota-parte do ICMS relativo a sua atividade de município produtor de cana”. Dada à relevância da matéria tratada a AMNAP também vai oficiar ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Cauê Macris e aos líderes dos demais partidos, “para que seja aprovada esta iniciativa, e que o projeto seja transformado em lei para atender aos interesses dos nossos municípios e de todos os demais municípios produtores de cana-de-açúcar do Estado de São Paulo, matéria prima para a produção de açúcar e de álcool”, acrescenta a presidência da entidade municipalista da Nova Alta Paulista.

Deputado Ed Thomas e prefeito Edmar Mazucato

Assessoria de Comunicação

Jornalista – Airton Roberto Messinette

Registro fotográfico – Jhow Gomes


Homem leva três tiros após discussão por causa de relação sexual homoafetiva

Vítima, de 39 anos, segue internada no Hospital Regional, em Presidente Prudente. Caso foi registrado como tentativa de homicídio, em Álvares Machado.

Um homem, de 39 anos, que foi atingido por três tiros no domingo (10) em uma chácara na zona rural de Álvares Machado, segue internado nesta segunda-feira (11) no Hospital Regional (HR), em Presidente Prudente.

De acordo com a Polícia Militar, o homem se envolveu em uma discussão com outro indivíduo, que não teve idade divulgada, quando propôs que os dois tivessem relações sexuais homoafetivas, o que gerou a briga e os disparos da arma de fogo.

O autor dos tiros fugiu do local e ainda não foi localizado.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio.

A vítima passou por cirurgia e seu estado de saúde é considerado estável, segundo o HR.
O HR ainda informou que o paciente deu entrada na unidade de saúde e recebeu prontamente o atendimento da equipe médica e de enfermagem.

G1.Prudente


Rapaz é preso com revólver e faca na cintura no centro de Nova Andradina

Uma equipe do 8º Batalhão da Polícia Militar de Nova Andradina prendeu, Giovano da Silva Lourenço de 28 anos, por porte ilegal de arma de fogo.

Por volta das 7h deste domingo (10), policiais militares realizavam policiamento na área central de Nova Andradina, quando avistaram um indivíduo suspeito se movimentando rapidamente, tentando esconder algo.

O rapaz foi abordado pelos policiais e com ele foi encontrado a arma de fogo, um revólver calibre 38 e uma faca, que levou a sua prisão.

Giovano foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde o flagrante foi lavrado pela autoridade policial e deverá ser solto nas próximas horas, mediante a fiança fixada no valor de R$ 937.

Jornal da Nova



Abertas inscrições para 15 cursos técnicos com 1.494 vagas em MS

Estão abertas as inscrições para 15 cursos técnicos de nível médio, oferecidos pelo Senai (Serviço Nacional da Indústria). São 1.494 vagas, sendo 439 em 11 cursos no período vespertino e as demais pela manhã. As aulas serão nos municípios de Aparecida do Taboado, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Maracaju, Naviraí, Nova Andradina, Rio Verde, Sidrolândia, Sonora e Três Lagoas.

Os cursos oferecidos são manutenção automotiva, administração, segurança do trabalho, eletrotécnica, eletromecânica, automação industrial, edificações, design de móveis, logística, manutenção e suporte em informática, modelagem do vestuário, refrigeração e climatização, mecânica, química e açúcar e álcool.

Os interessados devem fazer as matrículas nas secretarias das unidades operacionais do Senai onde deseja realizar o curso até o dia 21 de março de 2018. As aulas terão início no dia 26 de março de 2018.

Para se matricular é necessário apresentar os seguintes documentos: uma foto 3x4 recente, certidão de nascimento ou casamento (original e cópia), carteira de identidade (original e cópia), CPF (original e cópia), título de eleitor (original e cópia), histórico escolar do Ensino Médio (original e cópia), comprovante de residência atualizado (caso não esteja no nome do candidato ou dos pais, o titular do documento deve emitir uma auto declaração), certificado de reservista, certificado de alistamento militar ou certificado de dispensa de incorporação (caso seja do sexo masculino e maior de 18 anos).

Outras informações estão disponíveis no site da Fiems (clique aqui) ou pelo telefone 0800-707-0745.

CampoGrandeNews.




PRF apreende mais de 1 tonelada de maconha em Corolla na BR-267


Mais de uma tonelada de maconha foi apreendida pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na madrugada desta quarta-feira (6) na BR-267, em Guia Lopes da Laguna - a 227 quilômetros de Campo Grande. A droga era transportada em um Toyota Corolla roubado no Rio de Janeiro. Duas pessoas foram presas por tráfico.

De acordo com a PRF, os policiais realizavam fiscalização em frente a unidade operacional de Guia Lopes, quando avistaram o Corolla em alta velocidade. Ao se deparar com a barreira policial, o motorista do veículo fez uma manobra brusca na rodovia e iniciou fuga. O suspeito chegou a jogar o carro em direção aos policiais, para conseguir escapar.

Após cerca de 700 metros, o homem abandonou o Corolla. O carro tinha placa de Guia Lopes da Laguna e transportava várias tabletes de maconha, que somaram 1.040 quilos da droga. Um rádio telecomunicador, duas placas veiculares de Governador Valadares/MG, uma mala de roupas e os documentos de dois homens, um de 18 e outro de 17 anos, foram encontrados.

[O veículo tinha registro de roubo/furto no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)] O veículo tinha registro de roubo/furto no Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar da cidade também foi avisada da ocorrência, e em buscas abordou um táxi, que levava dois passageiros. Os dois homens admitiram a polícia que estavam no Corolla e confessaram que buscaram o carro, já carregado de droga, em Bela Vista para levá-lo até Campo Grande.

Os policiais da PRF identificaram ainda alteração nos sinais identificadores do carro e descobriram que ele tinha registro de roubo/furto no Rio de Janeiro, no dia 22 de outubro. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Guia Lopes da Laguna.

Campo Grande News



Após postagem de foto feita por estudante em rede social, PM apreende simulacro de fuzil

Policiais compareceram à residência do responsável pela publicação e o rapaz mostrou-lhes onde estava escondida a imitação de arma mostrada na imagem.

A Polícia Militar apreendeu na tarde desta segunda-feira (11) um simulacro de fuzil com um estudante de 18 anos, em Irapuru.

Os militares chegaram até a imitação da arma depois de tomar conhecimento de que o estudante havia postado em uma rede social uma foto em que aparecia segurando um “fuzil”, o que resultou em um comentário com suposta ameaça à diretora de uma escola pública estadual da cidade.

Segundo a PM, o comentário dizia em referência à diretora: "Agora coloca na cabeça da [...] e pergunta se vc repitiu de ano [sic]”.

Os policiais compareceram à residência do aluno que postou a foto e o rapaz mostrou-lhes onde estava escondido o simulacro de fuzil mostrado na imagem.

O simulacro apreendido foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil, onde também registrou-se o Boletim de Ocorrência por ameaça à diretora da escola.

G1.Prudente


Polícia descobre esquema de tráfico de drogas e prende cinco

Cinco pessoas foram presas na noite deste sábado (9) por envolvimento em um esquema de tráfico de drogas em Três Lagoas - a 338 quilômetros de Campo Grande. Segundo a polícia, o grupo usava carros roubados para transportar a droga e revendia os tabletes de maconha em um hotel da cidade.

Foram presos em flagrante, Jovana Lobo dos Santos Farias, de 40 anos, Francisco Vieira de Araújo, de 38 anos, Thiago de Freitas Toneli, de 34 anos, Henrique Ferreira Ruiz, de 20 anos e Adão dos Santos, de 44 anos.

De acordo com o boletim de ocorrência, denúncias levaram equipes ao grupo. A informação era de que três homens que estavam hospedados em um hotel da cidade estariam envolvidos com o tráfico de droga e usavam dois veículos, uma Saveiro e um Chevrolet Cobalt. Durante as investigações, por policiais descobriram que os suspeitos eram Thiago, Henrique e Adão.

As equipes foram até o local e abordaram Thiago e Henrique. Em buscas, os militares encontraram uma porção de cocaína no bolso do primeira suspeito e ainda localizaram o carro, o Cobalt, citado na denúncia.

Para a polícia, o suspeito afirmou que havia adquirido a droga com Francisco Vieira de Araújo, o Chico, mas não soube explicar a origem do carro. Nervoso com a abordagem da polícia, Thiago ainda tentou escapar, fugiu a pé e foi perseguido pelos policiais por três quadras, até ser preso novamente.

Desta vez ele confessou que o Coblat era roubado e estava com placas falsas. O caro também não tinha os bancos traseiros e para a polícia Thiago confessou que o veículo era preparado para o transporte de drogas.

Ele explicou que o carro era de Adão e que eles saíram de Ponta Porã, com 250 quilos de maconha. Em Três Lagoas, ele entregaria os tabletes de maconha a vários clientes. Thiago relatou ainda que estava no hotel com os comparsas há 15 dias e que os clientes buscam a droga aos poucos. Os trê suspeito foram presos.

Durante o flagrante, Francisco e Jovana chegaram e também foram detidos. ‘Chico’ como é conhecido, teria comprado 10 tabletes de maconha com o Thiago e havia voltado ao hotel para concluir o pagamento, feito em duas vezes de R$ 1,3 mil. Ele ainda foi flagrado com uma porção de cocaína no bolso.

Além dos R$ 1,3 mil apreendidos com ‘Chico’ a polícia ainda encontrou R$ 497 com Thiago. Os cinco foram presos e foram autuados por receptação, tráfico de drogas, adulteração de sinal identificador de veículo e associação criminosa.

Campo Grande News



Após um ano no RDD, Marcola e outros chefes de facção criminosa voltam para a Penitenciária 2 de Presidente Venceslau

Transferências foram realizadas nesta segunda-feira (11). Legislação brasileira não permite período superior a 360 dias no sistema mais rígido de prisão.

O principal chefe da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, saiu nesta segunda-feira (11) do Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), no Centro de Readaptação Penitenciária (CRP) de Presidente Bernardes, e voltou para a Penitenciária Maurício Henrique Guimarães Pereira, a P2, em Presidente Venceslau. O motivo da transferência foi o vencimento do prazo máximo de internação no RDD permitido pela legislação brasileira, que é de 360 dias.

Além de Marcola, outros 12 presos com função de comando na facção criminosa também saíram do RDD e voltaram para a P2 na manhã desta segunda-feira (11), sob escolta da Polícia Militar.
Todos os presos estavam no RDD desde o fim do ano passado em decorrência das investigações realizadas pelo Ministério Público Estadual (MPE) e pela Polícia Civil na Operação Ethos, que apontou um esquema criminoso existente entre a facção e advogados.

O RDD é o regime de prisão mais rígido permitido pela legislação brasileira. Nele, os presos ficam isolados em celas individuais e só têm direito a duas horas de banho de sol por dia. Também não têm acesso a TV, rádio, jornal ou revista, não contam com direito a visita íntima e não podem ter contato físico com os visitantes.

Segundo o promotor de Justiça Lincoln Gakiya, que trabalha no Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual (MPE), a P2 de Presidente Venceslau é considerada uma unidade prisional de segurança máxima.

"É uma das penitenciárias mais seguras do Estado para a contenção de presos de altíssima periculosidade. É reservada aos presos mais perigosos", afirmou ao G1.

No entanto, diferentemente do que ocorre no RDD, os presos na P2 podem conviver entre si e receber visitas íntimas.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP), a Penitenciária 2 de Presidente Venceslau conta atualmente com 813 presos, embora tenha capacidade para receber 1.280 detentos.

“Na P2, todos são ligados ao PCC. São presos de altíssima periculosidade”, salientou Gakiya ao G1.
Em nota ao G1, a SAP informou que os presos transferidos do CRP de Presidente Bernardes chegaram por volta das 10h20 à P2 de Presidente Venceslau.

“O motivo da transferência foi o término do período de cumprimento de internação no Regime Disciplinar Diferenciado”, confirmou a SAP ao G1.

G1.Prudente



Homem de 56 anos morre após colidir moto em traseira de camionete


Homem de 56 anos morreu, na manhã deste domingo (10), após colidir a motocicleta que conduzia em uma camionete. O acidente aconteceu por volta das 7h50, na rodovia MS-215, próximo do município de Pedro Gomes, a 306 quilômetros de Campo Grande.

Estanislau Manoel de Menezes, bateu com a cabeça na carroceria do veículo e sofreu traumatismo craniano. Segundo informações do site Coxim Agora, testemunhas relataram que o motociclista, também conhecido como "Lau", seguia na contra-mão da pista e, em uma curva, se assustou com a camionete vindo na direção contrária.

A condutora do veículo envolvido, uma mulher de 47 anos, revelou que o motociclista perdeu o controle da direção e colidiu em uma das rodas da camionete. Uma equipe do hospital municipal de Pedro Gomes esteve no local, mas a vítima já estava sem vida.

Local foi isolado pela Polícia Militar até chegada dos peritos, que encaminharam o corpo de Estanislau para o IML (Instituto Médico Legal) do município de Coxim.

Campo Grande News




Cuidado com a saúde dos olhos garante direção segura

CART orienta motoristas a realizar exames períodicos e manter hábitos saudáveis

No dia 13 de dezembro é celebrado o Dia do Cego e Dia de Santa Luzia, santa protetora dos olhos, e para alertar os motoristas sobre a acuidade visual, a CART - Concessionária Auto Raposo Tavares reuniu algumas informações importantes sobre o assunto.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, cerca de 50 milhões de brasileiros sofrem algum tipo de distúrbios de visão. Destes, 60% dos casos são de cegueira e deficiência visual. No entanto, se a doença fosse diagnosticada e tratada com antecedência, muitas ocorrências poderiam ser evitadas.

A adoção de alguns hábitos podem prevenir doenças oftalmológicas como por exemplo, o cuidado com a alimentação, a prática de atividades físicas e abandonar o cigarro e o álcool. Doenças como a diabetes e a hipertensão arterial, em casos agudos, podem levar à cegueira.

O uso prolongado de computador e celular também pode afetar a visão. O excesso de luz dos equipamentos que podem incomodar as vistas, causar irritação e dificuldade para focar em objetos, além de tornar as imagens turvas e distantes.

A incidência da luz solar é outro fator que pode causar impacto na visão, por conta dos raios ultravioletas. É importante utilizar óculos escuros e que tenham proteção contra os raios UV-A e UV-B. As lentes de boa qualidade devem ser consideradas na hora da compra, evitando os óculos que não possuem fator de proteção e que podem danificar ainda mais a saúde dos olhos.

De acordo com a ABRAMET, Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, depois da primeira habilitação, o motorista deve refazer os exames médicos - incluindo o de visão - a cada cinco anos, no momento da renovação da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Porém, o ideal é realizar um exame oftalmológico anual, principalmente, após os 40 anos quando há a redução da visão por consequência da idade.

O exame do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), não tem a função de fazer um diagnóstico, trata-se de um exame de aptidão para a direção. Caso o motorista não esteja apto, o médico deve realizar o encaminhamento ao oftalmologista. Motoristas que possuem restrições na habilitação, como por exemplo: miopia, astigmatismo e hipermetromia, devem dirigir com a utilização de óculos ou lentes corretivas.

Confira algumas dicas para manter a saúde dos olhos:

§  Consulte um oftalmologista periodicamente
§  Faça uma alimentação balanceada
§  Mantenha um peso saudável
§  Pare de fumar e beber
§  Use óculos de sol com proteção ultravioleta
§  Evite ficar muito tempo na frente do computador, tabletes ou celular
§  Evite colocar as mãos nos olhos
§  Higienize corretamente suas lentes de contato

A visão é um dos principais sentidos que utilizamos na direção de um veículo. Observar a sinalização de trânsito, ter a percepção de espaço, distância, profundidade e a capacidade de discernir cores e objetos dentro do campo visual são características fundamentais para que uma pessoa seja apta a dirigir.

É por este motivo que a saúde dos olhos deve estar em dia e os motoristas devem realizar exames periodicamente para checar a acuidade visual. A acuidade visual é o grau de aptidão do olho para discriminar os detalhes espaciais - a capacidade de perceber a forma e o contorno dos objetos.

Sobre a CART:

A CART, uma empresa Invepar Rodovias, administra o Corredor CART, que é formado pelas rodovias SP-225 João Baptista Cabral Rennó, SP-327 Orlando Quagliato e SP-270 Raposo Tavares, no total de 834 quilômetros entre Presidente Epitácio e Bauru, sendo 444 no eixo principal e 390 quilômetros de vicinais. A segurança dos usuários é um compromisso da Concessionária. Em 2016, a CART registrou 16,23% menos acidentes nas rodovias sob sua concessão em relação ao ano anterior e, no mesmo período, queda de 33,3% em vítimas fatais, antecipando os objetivos determinados como meta pela Década Mundial de Redução de Acidentes. A CART está entre as 10 melhores Concessionárias de Rodovias do Estado de SP, ocupando a sexta posição no ranking divulgado pela ARTESP - Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo que regulamenta e fiscaliza o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo.


Brasil será o único país da América Latina a adotar novo formato



Brasil será o único país da América Latina e Caribe a adotar formato padrão internacional da Carteira de Habilitação (CNH). A mudança deverá acontecer até 1º de janeiro de 2019. O formato já é adotado em vários países do mundo como França e Espanha.

A mudança consta em uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), publicada nesta sexta-feira (08), que representa o Brasil em um grupo técnico das Nações Unidas sobre trânsito que acompanha o cumprimento da Convenção de Viena Sobre Trânsito Viário de 1968. Departamentos de Trânsito de todo o país poderão se adequar no que se refere a layout e sistemas do novo processo até o prazo estabelecido para implantação do novo formato.

“Como o nosso modelo estava em desacordo com o padrão de outros países, dificultava o trânsito e até a assistência a brasileiros. A padronização facilita o reconhecimento de pessoas que possuem, por exemplo, alguma deficiência ou restrição médica. É um grande avanço”, destacou o representante do Ministério da Saúde no Contran, Luiz Otávio Miranda.

Em nota técnica, o Ministério da Saúde recomendou ao Contran que a nova CNH fosse formulada em material plástico, preferencialmente na cor rosa, contendo dados como nome, sobrenome, data e local de nascimento, data de emissão, validade, número de registro da licença nacional para dirigir, nome ou marca da autoridade expedidora, fotografia, assinatura, categoria de veículos e observações relacionadas às restrições médicas. Além disso, no documento devem estar presentes a expressão “’Carteira Nacional de Habilitação’’, em inglês e espanhol, visto a abrangência do MERCOSUL e do Acordo sore a Regulamentação básica Unificada de Trânsito, entre Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai.

Outra novidade na carteira será a presença de um padrão de letras e símbolos que representam a categoria de veículos (pictogramas) em que o condutor está habilitado. Com isso, subcategorias definidas na Convenção de Viena (A1, B1, C1, D1, C1E, e D1E), constarão no novo documento. A novidade facilitará o reconhecimento em países com os quais existe reciprocidade e reforça o compromisso internacional decorrente da ratificação do Acordo pelo Brasil, conforme dispõe o Manual de Tratados das Nações Unidas.

O Contran é o órgão máximo normativo e consultivo que estabelece normas regulamentares para as leis de trânsito. Além do Ministério da Saúde, participam do Conselho os ministérios das Cidades; Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações; da Educação; da Defesa; Meio Ambiente; dos Transportes, Portos e Aviação Civil; da Justiça e Segurança Pública; da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e Agência Nacional de Transportes Terrestres.

Correio do Estado



Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles

A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de hoje (12) no Prêmio Líderes do Brasil, realizado pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide) no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Ele recebeu, durante o evento, o prêmio de economista do ano.

“Existe uma grande possibilidade de iniciar-se a discussão formal [sobre a reforma] e ser votada na próxima semana. Existe chance de votar nessa quinta, mas é menor. A chance de votar na próxima semana é maior, terça ou quarta”, disse o ministro. Segundo ele, o governo fará todo esforço para que seja votada na próxima semana.

Questionado por jornalistas se há votos suficientes para aprovação, ele respondeu que o trabalho em torno da votação ainda não terminou. “Tem exatamente um trabalho grande, vários partidos já se manifestaram a esse respeito, o PMDB fechou questão, o PPS fechou questão, vários partidos estão trabalhando nessa direção. Os presidentes dos partidos estão trabalhando visando a exatamente conseguir, ou fechar a questão ou que a maioria dos partidos votem, então é um trabalho em andamento”.

Meirelles ressaltou que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia; o presidente da República, Michel Temer; e ele próprio, estão trabalhando na direção da aprovação da reforma. “É um trabalho difícil em que estão todos trabalhando juntos”. De acordo com o ministro, a atual versão da reforma ainda garante importante ganho fiscal para as contas públicas.

“Não existe projeto ideal em uma democracia, todos os projetos são projetos possíveis. É um processo de discussão entre diversos setores da sociedade, representados no Congresso Nacional, e que se vota e ganha a maioria. O projeto é um projeto bom, isso é que é importante”, disse, ao ser questionado se o projeto atual é o ideal.

Melhor momento

Ao final do evento, o ministro voltou a falar com os jornalistas sobre a reforma. "A reforma da Previdência não é uma escolha de política econômica ou política geral, é uma necessidade, os números indicam isso. O Brasil precisa e vai fazer a reforma da Previdência. Achamos que o melhor momento é agora".

Segundo ele, quanto mais cedo for aprovada, melhor. "Quanto mais atrasar, mais difícil fica a reforma mais a frente. Difícil não no sentido de ser feita, ela será feita, mas difícil porque terá que ser uma reforma mais dura. Quanto mais tempo o Brasil deixar passar, mais dura terá que ser a reforma".

O ministro acredita que a reforma arual "é equilibrada, bastante justa e elimina desigualdades".

Também participaram do evento, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que foi o homenageado do ano do Prêmio Líderes do Brasil; o ministro da Justiça, Torquato Jardim; o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; e o prefeito da capital, João Dória.

AgenciaBrasil.


Parentes de mortos em acidente da TAM fecham acordo de R$ 30 milhões com Airbus

Dez anos após o acidente que matou 199 pessoas, na queda do avião da TAM em São Paulo, parte dos parentes das vítimas fechou um acordo com a fabricante do avião Airbus, no valor de R$ 30 milhões. A notícia foi divulgada nesta segunda-feira (11) pelo Tribunal de Justiça (TJ) do Rio e confirmada com representante das famílias e da fabricante de aviões.

De acordo com nota divulgada pelo TJ, a 14ª Vara Cível homologou os acordos de indenizações para 86 parentes de vítimas no acidente, ocorrido em 17 de julho de 2007, no aeroporto de Congonhas. O acordo foi homologado pela juíza Aline Gomes Espíndola e publicado no último dia 5.

“O processo tem mais de 15 volumes e os beneficiários foram divididos em grupos. Os valores a receber por beneficiário são variáveis, levando em conta fatores como a proximidade de parentesco com a vítima”, informou a nota do tribunal.

Procurada através de sua assessoria, a Airbus confirmou o acordo fechado com parte dos parentes, mas não quis detalhar o valor acertado nem outros dados. A empresa também se exime de qualquer culpa no acidente.

“A Airbus se solidariza com os familiares das vítimas do acidente com o voo JJ 3054. A companhia confirma que chegou a um acordo com as famílias, mas ressalta que o acidente não foi causado por nenhuma falha relacionada à aeronave. O acordo não implica de nenhuma maneira um reconhecimento de culpa por parte da Airbus. A Airbus não comentará os detalhes do acordo em respeito à privacidade das famílias das vítimas”, diz nota da empresa.

Valor da vida

Para o jornalista Ricardo Gomes, que perdeu o irmão Mário Gomes na tragédia, nenhuma indenização representa o valor da vida perdida. “Isso aí não é uma coisa importante para nós. Não é um dinheiro que vem com alegria. Qual é o indexador do preço da vida?”, questionou Ricardo.

Ricardo trabalha como assessor de imprensa informal do grupo e não entrou no processo contra a Airbus, mas para ele, apesar das indenizações, não foi feita justiça: “Tivemos 199 pessoas mortas e zero pessoa punida. Continuamos um bando de perdedores, pois o nosso desejo é que houvesse punição exemplar. O acidente foi causado pela ganância, pela negligência e pelo descaso”.

O acidente da TAM ocorreu quando o avião não conseguiu parar na pista de Congonhas e caiu sobre o prédio de cargas da própria companhia, do outro lado da Avenida Washington Luís, causando um grande incêndio, matando passageiros, tripulantes e pessoal em terra. O avião vinha de Porto Alegre.

De acordo com as investigações, por um erro no posicionamento dos manetes, que determinam a aceleração ou reduzem a potência do motor, a aeronave não parou. Um dos manetes estava na posição de ponto morto, mas o outro em posição de aceleração.

AgenciaBrasil.


Justiça Eleitoral torna inelegível por 8 anos o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) condenou, por unanimidade, na sessão de hoje (11), o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes (PMDB) e o deputado federal Pedro Paulo Carvalho (PMDB), que concorreu à prefeitura do Rio no ano passado, por abuso de poder político-econômico e conduta vedada a agente público, devido ao uso do Plano Estratégico Visão Rio 500, contratado e custeado pelo município, como plano de governo na campanha eleitoral de 2016.

Em nota, a assessoria do tribunal informou que, com a decisão, os dois políticos ficam inelegíveis por oito anos e deverão pagar, cada um, multa de 100 mil Ufirs (cerca de R$ 106,4 mil). Os dois ainda podem recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o relator do processo, desembargador eleitoral Antônio Aurélio Abi-Ramia Duarte, houve desvio de finalidade na contratação, pela prefeitura, da consultoria que produziu o Plano Estratégico Visão Rio 500.

“A gravidade das circunstâncias encontra-se demonstrada por intermédio da estreita correlação entre a contratação e elaboração do plano Visão Rio 500, sob a coordenação do investigado Pedro Paulo, com a anuência do investigado Eduardo Paes, e a posterior utilização de tudo o que foi produzido na campanha eleitoral dos investigados”, disse o relator na decisão.

O magistrado disse, ainda, que Eduardo Paes e Pedro Paulo, que era secretário municipal, são "políticos experientes e que ocupavam, à época dos fatos, posições importantes na administração municipal. A repercussão econômica social e eleitoral do ato praticado, bem como a gravidade das circunstâncias e a confusão patrimonial entre o que foi custeado pelo Poder Público e o arrecadado e despendido na campanha eleitoral evidencia culpabilidade de alto grau, a permitir a fixação da sanção pecuniária no máximo previsto na legislação".

Ajuizada pela coligação Mudar é Possível (PSOL/PCB), a ação havia sido julgada improcedente pelo Juízo da 176ª Zona Eleitoral quanto às acusações relativas a Paes e Pedro Paulo. A candidata a vice-prefeita na chapa de Pedro Paulo, Maria Aparecida Campos Strauss, também figurava como investigada no processo, mas em relação a ela, a sentença de primeiro grau julgou extinto o processo, sem resolução do mérito, decisão mantida nesta segunda-feira pelo plenário do TRE-RJ.

Em nota, a defesa dos dois políticos informou que Eduardo Paes e Pedro Paulo receberam com respeito, mas com surpresa, a decisão do TRE, pois a sentenção proferida pelo juiz eleitoral e os pareceres do Ministério Público foram a favor da absolvição de ambos.

A nota diz ainda “que o Plano Estratégico sempre foi documento da prefeitura do Rio, pertence à cidade, é de domínio público e sempre esteve acessível a qualquer candidato. Eduardo Paes e Padro Paulo irão recorrer ao próprio TRE e, se necessário, ao TSE, confiando em um julgamento justo e equilibrado”.

AgenciaBrasil.


Enem para presos e segunda aplicação começam hoje

Cerca de 32 mil pessoas privadas de liberdade farão hoje (12) e amanhã (13) as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em mais de mil unidades prisionais de 577 municípios. Também será realizado hoje e amanhã o Enem para os participantes que tiveram direito a uma segunda aplicação do exame.

O Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL) é destinado a pessoas submetidas a penas privativas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade. Os participantes com mais de 18 anos poderão utilizar o desempenho como mecanismo para acesso à educação superior. Já os menores de 18 anos, considerados "treineiros”, só poderão utilizar os seus resultados individuais para a autoavaliação de conhecimentos.

No Distrito Federal, a preparação dos presos para o Enem é focada principalmente na redação. “Observamos que os estudantes do sistema prisional têm muita dificuldade na prova de redação. Por isso, preparamos alguns aulões muito semelhantes aos que são oferecidos aos estudantes externamente, inclusive com professores que trabalham no Enem externo e têm muita experiência com a questão da redação”, explica Wagdo Silva, diretor do Centro Educacional 01 de Brasília, que é a escola responsável pela educação do sistema prisional do Distrito Federal. Os alunos também recebem materiais, como apostilas com o conteúdo para estudo.

No dia da aplicação da prova, todos os professores são convocados para ajudar na aplicação do exame. As provas são realizadas nos núcleos de ensino que ficam dentro das unidades prisionais. Os agentes penitenciários ficam do lado de fora das salas de aula fazendo a segurança. Segundo Silva, a aplicação das provas costuma ser tranquila. “Eu trabalho há 15 anos no sistema prisional como professor e nunca vi relato de um problema sequer na aplicação das provas”, diz.

Para ele, a aplicação do Enem é fundamental para os presos. “A sociedade não tem conhecimento do quanto esses exames são importantes para as pessoas que estão apenadas. É um ponto de partida para essas pessoas porque antes elas não tinham essa possibilidade. Nos últimos anos, há uma quantidade enorme de alunos que chegaram às universidades por meio do Enem”, acrescenta Silva.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), mais de 197 mil pessoas presas e jovens sob medida socioeducativa já participaram do exame entre 2011 e 2016. O Enem PPL é uma iniciativa do Inep, em parceria com o Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça e Cidadania (Depen/MJC) e com a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Segunda aplicação

O Enem para os participantes que tiveram direito a uma segunda aplicação do exame também começa hoje. O Inep estima a participação de 3.606 inscritos, que prestarão os exames em 34 locais de 27 municípios.

Entre os motivos para a segunda aplicação estão a interrupção do fornecimento de luz, que afetou 3.574 participantes de nove locais, em Olinda (PE), Teresina (PI) e Uruaçu (GO). Outros cinco casos são de atendimentos a demandas judiciais e 27 resultam de deferimentos da Comissão de Demandas para atender a participantes que tiveram problemas diversos.

Encceja

Nos dias 19 e 20 de dezembro serão realizadas as provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Encceja Nacional PPL). Segundo o Depen, mais de 74 mil presos vão prestar o exame.

AgenciaBrasil.